Dicas de nutrição esportiva

Todas as pessoas que praticam esportes sabem que o combustível essencial é a energia. E para conseguir aumentar a energia, força, velocidade e outras coisas que envolvem esportes físicos, é preciso uma excelente alimentação.  Por isso, saiba agora tudo sobre as dicas de nutrição esportiva.

A nutrição esportiva é conhecida por ser voltada para todos as pessoas que praticam exercícios físicos e esportes, que desejam aumentar a sua performance e o seu desempenho.

Assim, para uma boa nutrição esportiva, o aconselhável é que você procure por um nutricionista para que seja realizado a verificação das suas necessidades físicas, para que assim seja comparadas com as suas atividades e por fim seja prescrito o melhor para a sua alimentação.

Saiba mais sobre as dicas de nutrição esportiva

nutrição esportiva

É importante que você saiba tudo sobre as dicas de nutrição esportiva para que você consiga todos os resultados que esteja almejando. Assim, no caso de um atleta ou de uma pessoa que se dedica as atividades físicas, a nutrição esportiva torna-se ainda mais necessária, pois o que a pessoa está ingerindo irá propiciar que ela atinja os seus objetivos.

Com isso, a sua nutrição esportiva deve possuir pelo menos 80% dos nutrientes citados que devem ser divididos ainda em 40% carboidratos, 30% proteínas e 30% lipídios. Além disso, 20%

  • É muito importante que você conheça as suas necessidades, pois cada pessoa possui as suas próprias e isso é algo muito individual. Com isso, a nutrição esportiva deve sempre estar de acordo com aquilo que você deseja alcançar. Assim, se você pretende aumentar a massa muscular, irá necessitar de proteínas e carboidratos, mas se você deseja emagrecer, irá precisar de uma alimentação balanceada para perder gorduras. Por isso, para conhecer suas necessidades pessoais, procure colocar tudo no papel, contando todas as calorias que precisa conseguir, o que você consome atualmente, buscando as tabelas calóricas dos alimentos e entendendo que tudo é um cálculo matemático, pois se você come o necessário, terá o resultado que espera.
  • Procure dividir as suas refeições durante o dia, pois com todos os cálculos em mãos você pode dividir o valor total por 5 ou 6 refeições diárias sabendo que cada uma delas possui uma grande importância no seu metabolismo. Assim, o seu café da manhã precisar ser muito reforçado para que você tenha condições para enfrentar o dia, seu lanche da manhã deve agregar o desjejum para a espera do almoço e para que o seu metabolismo diminua, seu almoço deve ser bastante substancioso e suficiente para que você passe a tarde, seu lanche da tarde deve ter a mesma função do lanche da manhã e o seu jantar é necessário para o descanso.
  • Você deve realizar uma base para a nutrição esportiva, onde deve ser formados por três pilares como as proteínas, carboidratos e lipídios. No caso da nutrição esportiva elas são ainda mais essenciais, para que assim o seu metabolismo tenha mais equilíbrio e energia necessária para a realização da sua atividade física. Com isso, a sua nutrição esportiva deve possuir pelo menos 80% dos nutrientes citados que devem ser divididos ainda em 40% carboidratos, 30% proteínas e 30% lipídios. Além disso, 20% devem ser completados com minerais e vitaminas.
  • É preciso complementar a sua nutrição esportiva incluindo na sua dieta alimentos como verduras, legumes e frutas, que são os alimentos que possuem vitaminas, minerais e fibras, além de possuírem ainda antioxidantes que irão fazer uma limpeza do seu organismo das toxinas, o que irá te trazer muito mais qualidade de vida e energia para as suas atividades físicas.
  • Um outro ponto muito importante é hidratar bem o seu organismo, por isso, nunca se esqueça de beber água. A hidratação é fundamental para complementar a nutrição esportiva, sendo assim necessário tomar pelo menos 2 litros de água por dia para que seja feito uma melhor distribuição dos nutrientes no seu corpo, melhorando ainda o seu fluxo sanguíneo, ajudando na eliminação de toxinas e controlando sua pressão arterial. Além disso, você ainda pode usar isotônicos, sucos, água de coco, entre outros.

Portanto, ao seguir todas as dicas de nutrição esportiva você poderá ainda fazer o uso de algum suplemento para complementar a sua nutrição, o que fará com que os seus objetivos sejam alcançados com mais facilidade. Porém, não se deve exagerar, pois o corpo necessita da nutrição para sobreviver e não para fazer a estocagem do mesmo.

funcional

Que toda inveja vire massa muscular!

Amém?

Website: https://exerciciofuncional.com/

1 Comentário

  1. Pingback: Circuito Funcional, o que é? Blog do ExercicioFuncional.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *